O Fracasso da Classe Trabalhadora

No ano que se seguiu imediatamente após a Segunda Guerra Mundial, 1946, Anton Panekoek em O Fracasso da Classe Trabalhadora, analisa a falha―porém pode-se dizer com mais certeza, o receio―da classe trabalhadora em organizar-se como força motriz revolucionária em oposição ao Nacional-socialismo na Alemanha, isto na primeira parte, onde ele apresenta a ideia principal do... Continuar Lendo →

A “Invariância” Histórica do Marxismo

Tradução de Vitor Teiú. Durante o encontro do Partido Comunista Internacional em Milão, no ano de 1952, Amadeo Bordiga em 26 teses, explicou a “invariância” histórica do Marxismo, ao passo que explica a luta contra os setores modernizantes do Marxismo, considerados por ele piores que os ideólogos burgueses e Stalinistas, defendendo um caráter monolítico das... Continuar Lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑